DESTAQUE:
Quer saber mais sobre meus ganhos online?

 

CosméticosMedicamentosSexo

O que é medicamento de uso tópico?

Sem saberem o que significa “medicamento de uso tópico”, muitas vezes é só na farmácia que os pacientes descobrem que o médico receitara uma pomada, um creme, um xampu, uma loção ou um sabonete.

Uso tópico acaba significando “uso na pele”


Se diz Uso tópico porque é feito no lugar do corpo em que se manifesta algum problema. Na prática, o uso tópico acaba significando “uso na pele”, já que o medicamento é aplicado diretamente na pele que cobre a região do corpo em que está o que se quer/deseja curar. 

O termo cosmético é empregado para designar produtos que são aplicados para melhorar a aparência da pele, sem no entanto mudar sua estrutura. Já os cosmecêuticos são os produtos que conseguem disfarçar os problemas de pele melhorando e mudando as alterações cutâneas. São estas as substâncias prescritas por dermatologistas, além de medicamentos propriamente ditos.

Cosméticos

Segundo a ANVISA, os cosméticos são preparações constituídas por substâncias naturais ou sintéticas, de uso externo nas diversas partes do corpo humano. São, portanto, produtos que não alteram as condições fisiológicas da pele, agindo na epiderme (camada superficial da pele). Sua formulação é básica e eles não passam pelo estrato córneo para acessar as camadas mais profundas da pele, ou seja, não têm capacidade para fazer mudanças estruturais na pele.

Exemplos de cosméticos: Maquiagens em geral, hidratantes, perfumes.

Cosmecêuticos

Tratam-se de ativos que possuem a capacidade de alterar, estruturalmente, a pele. Os dermocosméticos são regulamentados pela ANVISA e são comercializados como “Cosméticos de grau 2”. Podem ser manipulados ou vendidos prontos e não necessitam de receita médica para serem comprados. Contudo, é de extrema importância que você seja orientado por um profissional antes de comprá-los, pois cada ativo se adequa melhor a um tipo de pele/ disfunção estética.

Exemplos de cosmecêuticos: Os usados em peelings para clareamento da pele, tratamento de acne, estrias, etc.

diferença entre cosméticos e cosmecêuticos

Todo medicamento ou medicação, precisa de acompanhamento médico. Evite problemas maiores.

Existem uma vasta gama de produtos no mercado, podendo ainda ser manipulados   com ações específicas: ácidos, óleos, vitaminas, hidratantes, calmantes, que podem estimular a produção de colágeno (que deixa a pele mais firme e com menos rugas), ter ação antioxidante (combatendo os radicais livres que auxiliam no envelhecimento cutâneo), clareadora, além de reduzir a “vermelhidão”, ressecamento, tamanho de poros e cicatrizes, cravos e espinhas.

Dentre os medicamentos com ação anti-idade, estimuladores de colágeno, que promovem redução de rugas, poros e até manchas, destacamos os retinóides (como o ácido retinóico), alfa-hidroxiácidos, beta-hidroxiácidos e poliidroxiácidos.

Além destes, utilizamos com sucesso as vitaminas e antioxidantes, que inibem a formação de radicais livres, e reduzem o dano constante da pele decorrente da exposição ao sol e poluição, por exemplo, atuando ainda no aumento do colágeno. O principal exemplo é a vitamina C, que também reduz manchas e hidrata a pele.

Há também compostos firmadores, que aumentam a tensão e elasticidade da pele, reduzindo rugas e melhorando contornos.


Os clareadores os despigmentantes também são muito utilizados, já que manchas na   pele estão entre as características mais marcantes e inestéticas.


Os compostos hidratantes e lubrificantes são utilizados em áreas de pele ressecadas e os anti-seborreicos indicados para peles oleosas.


A associação de substâncias calmantes e anti-irritantes é mandatória no tratamento das peles que apresentam alguma doença que já têm alguma atividade inflamatória de   base, ou somente para diminuir a irritação dos outros produtos da fórmula.


Essas substâncias, desde que quimicamente compatíveis, podem ser prescritas em conjunto, em avaliação minuciosa e particular para cada paciente e pele, por um dermatologista da SBD. Por outro lado, o uso inadvertido dos cosmecêuticos pode causar danos na pele ou ineficácia no tratamento. Por isso é importante lembrar que   não há “receita de bolo” para o tratamento: cada paciente merece um produto diferente, de acordo também com as prioridades e incômodo de cada um.

Posts relacionadas
SexoDisfunção erétilEjaculação Precoce

Ejaculação Precoce? Como Resolver e Tratamentos

Prometo não enviar Spam
e seu E-mail estará seguro comigo

Dicas exclusivas para Inscritos

Inscreva-se para baixar meu ebook gratuitamente.

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *